Alagoas, 22 de agosto de 2019

Mês: janeiro 2019

Palmeiras abre preparação para Dérbi com Bruno Henrique em campo

Palmeiras abre preparação para Dérbi com Bruno Henrique em campo

Esporte
Um dia depois da vitória sobre o Oeste, válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras abriu a preparação para o clássico contra o Corinthians, que será disputado no sábado, às 17h (horário de Brasília), na arena do Verdão. Quem atuou mais de 45 minutos em Barueri fez um trabalho de recuperação física na Academia de Futebol, na tarde desta quinta-feira. Único atleta escalado como titular em todos os jogos do ano no Palmeiras até agora, Dudu não foi a campo na atividade que contou com grande parte dos atletas que devem jogar no sábado. Em negociação com o Tianjin Teda, da China, Bruno Henrique vem sendo aproveitado normalmente por Felipão. O volante, que é o capitão da equipe, entrou no segundo tempo das partida contra São Caetano e Oeste, e treinou normalmente nesta qu
Delegacia do Pinheiro apresenta rachaduras nas paredes, diz Sindpol

Delegacia do Pinheiro apresenta rachaduras nas paredes, diz Sindpol

Sem categoria
Durante uma inspeção, o Sindicado dos Policiais Civis de Alagoas – Sindpol constatou que o prédio da delegacia 4ª Distrito no bairro de Pinheiro, está com várias rachaduras nas paredes e piso afundando, com risco na estrutura. Preocupado com a situação dos policiais civis e da população que trafegam no local, o presidente do Sindpol, Ricardo Nazário denuncia que a Delegacia Geral da Polícia Civil de Alagoas ainda não tomou nenhuma providência para a retirada da delegacia do bairro do Pinheiro. O presidente ressalta que a situação é de extrema urgência. “Além dos policiais civis que desenvolvem suas atribuições no prédio, existe a população que continua sendo atendida na delegacia. Estamos preocupados com uma possível tragédia, devido a esse problema que está ocorrendo no bairro do Pi
TJ determina que acusada de participar da ‘Chacina do Mutirão’ vá a julgamento popular

TJ determina que acusada de participar da ‘Chacina do Mutirão’ vá a julgamento popular

Sem categoria
À unanimidade de votos, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) manteve a decisão de pronúncia de Yuri Gabrielle Cordeiro de Oliveira, acusada de participar de um triplo homicídio, em janeiro de 2015, no município de São Miguel dos Campos. O crime ficou conhecido como “Chacina do Mutirão”. O processo teve como relator o desembargador Sebastião Costa Filho. Na ação, a defesa alegou inexistência de provas, tese que não foi acolhida pelo relator que analisou o recurso. Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), Yuri Gabrielle participou da emboscada instigando seu cônjuge a acabar de matar uma das vítimas. Ela ainda teria arrastado um corpo para fora da residência onde aconteceu o fato. De acordo com os autos, Luis Fernando Oliveira dos Santos, Jonata Wesley dos San
Justiça do Trabalho bloqueia mais R$ 800 milhões da Vale

Justiça do Trabalho bloqueia mais R$ 800 milhões da Vale

Economia
A Justiça do Trabalho autorizou um novo bloqueio de R$ 800 milhões da mineradora Vale, responsável pela barragem que se rompeu em Brumadinho. Na última segunda-feira (28), já haviam sido bloqueados R$ 800 milhões, valor correspondente a 50% do total pedido pelo Ministério Público do Trabalho em Minas Gerais (MPT-MG). “Mais R$ 800 milhões foram bloqueados nas contas da Vale S.A, para assegurar pagamentos e indenizações trabalhistas. Com isso, o Ministério Público do Trabalho em Minas Gerais conseguiu assegurar um total de R$ 1,6 bilhão, que darão efetividade a resultados de ações e acordos extrajudiciais”, informou o MPT-MG, por meio de nota. De acordo com o órgão, também foram impostas à mineradora obrigações como arcar com custos de sepultamento e a manutenção de pagamentos de salár
Família busca por conta própria parente desaparecido em Brumadinho

Família busca por conta própria parente desaparecido em Brumadinho

Geral
Todas as plantações e chácaras que estavam ao lado da Vale, no Córrego do Feijão em Brumadinho (MG), foram tragadas pela lama no momento em que a Barragem 1 se rompeu, no dia 25. O cenário é de catástrofe. Foi na beira deste mar de lama que a ação desesperada de uma família chamava a atenção. Vanderson Geraldo da Fonseca, 31 anos, lavrador, buscava o cunhado, Paulo Giovani dos Santos, 40 anos, agricultor, desaparecido desde o dia da tragédia. “A expectativa é só encontrar o corpo para dar um basta. [Encontrá-lo] com vida, a gente não acredita mais.” Na busca desesperada, parentes usam pás, enxadas e até cavam com as próprias mãos. O motorista Pedro Ferreira dos Santos, 43 anos, é um dos 10 irmãos de Paulo Giovani. Paulo Giovani era caseiro de uma chácara que ficava ao lado da Vale