Associações defendem permanência de Lailson Gomes na Arsal

Por meio de um ofício encaminhado ao governador Renan Filho, associações de transporte complementar defendem a permanência de Lailson Ferreira Gomes, atual presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsal), no cargo.

De acordo com Marcondes Prudente, presidente da Cooperativa de Transporte de Passageiro Intermunicipal de Alagoas (Coopervan), Lailson aproximou toda a categoria, realizou várias visitas na associações e está desempenhando um ótimo papel à frente da Arsal.

“Com a gestão do senhor Lailson, a categoria representada pelas associações e cooperativas tem vez e voz, e ainda, a categoria está sintonizada com funcionários da Arsal. Antes, os servidores nos tratava com descaso e insensibilidade. Com a atual gestão, tudo isso mudou”, considerou Marcondes.

No ofício, o presidente da Coopervan lembra que “Lailson Ferreira Gomes foi investido no cargo para atuar no período de três anos, renováveis por mais três, conforme preceitua o artigo 12 e 21 da lei 6.267/2001, alterada pela a lei n° 7.566/13”.

Ainda segundo Prudente, o transportador anteriormente era obrigado contribuir com o sindicato anualmente, o que hoje não existe mais. “Se não contribuísse, não cadastrava o veículo, e Lailson acabou com isso. Ele, dentre outras questões que melhoraram nossas vidas, aprovou aumentou a vida útil do veículo, de 7 para 10 anos”.

Além da Coopervan, a Associação dos Motoristas São Cristóvão, Associação dos Transportes Complementares de Passageiros de Palmeira dos Índios e Associação dos Transportadores Complementar de União dos Palmares.

Da Redação