Alagoas, 21 de setembro de 2019

Bolsonaro convoca ministros para cerimônia de hasteamento da bandeira antes de reunião


Antes de comandar a reunião semanal do conselho de governo, o presidente Jair Bolsonaro convocou ministros para participarem na manhã desta terça-feira (23) da cerimônia de hasteamento da bandeira do Brasil no gramado do Palácio da Alvorada. O vice-presidente Hamilton Mourão e a primeira-dama Michelle Bolsonaro também participaram da solenidade.

Nesta terça, Bolsonaro transferiu a reunião ministerial do Palácio do Planalto para a residência oficial. O encontro de trabalho costuma ocorrer semanalmente.

Bolsonaro, Michelle, Mourão e os ministros ficaram perfilados ao lado dos mastros, no gramado do Alvorada, enquanto militares do Batalhão da Guarda Presidencial hastearam a bandeira nacional.

Também foram hasteadas as bandeiras do Mercosul e a presidencial. Após a cerimônia, Bolsonaro e os ministros cruzaram o gramado do Alvorada a pé em direção à residência oficial para a reunião do conselho de governo.

Dos 22 ministros, 21 estiveram presentes. A ausência foi o titular da Justiça, Sérgio Moro. O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), também estiveram na cerimônia.

Bolsonaro e parte dos ministros se encontraram antes do hasteamento da bandeira no prédio principal do Alvorada.

Eles caminharam juntos até a área dos mastros, em frente ao gramado. Bolsonaro conversou com os auxiliares e fez algumas brincadeiras, que provocaram risos nos ministros.

Enquanto os ministros e o presidente aguardavam o início da cerimônia, as últimas autoridades chegaram. Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil) se juntaram ao grupo já na área de “concentração”, assim como Mourão.

O último ministro a chegar, a instantes do início da cerimônia, foi o da Economia, Paulo Guedes.

Durante o hasteamento da bandeira, Bolsonaro ficou entre Michelle e Mourão.

G1