Alagoas, 21 de setembro de 2019

Banda Eva antecipa a festa dos 40 Carnavais em registro audiovisual de show


Para o Brasil, a Banda Eva parece ter nascido em 1993 quando Ivete Sangalo assumiu o posto de vocalista a partir de show feito em junho daquele ano. Só que a origem da banda baiana reside na criação do bloco Eva em 11 de fevereiro de 1980.

No Carnaval do ano seguinte, 1981, o bloco Eva passou a desfilar pelo circuito folião de Salvador (BA) e nunca mais deixou de ser uma das atrações do Carnaval baiano, tendo tido desde então vários vocalistas puxando o trio elétrico do bloco.

É contando os anos do bloco Eva que a Banda Eva antecipa a festa das quatro décadas de folia na gravação ao vivo do álbum e DVD intitulados 40 Carnavais. O registro audiovisual está agendado para 18 de maio e, surpreendentemente, não será feito em show na Bahia, mas em apresentação da banda no Mirante Beagá, em Belo Horizonte (MG), capital de Minas Gerais.

Wesley Safadão, Durval Lelys, Tomate e Léo Santana integram o time de convidados da banda que, desde 2013, está centrada na figura do vocalista Felipe Pezzoni (foto), cantor baiano que substituiu Saulo Fernandes no posto que, depois da saída de Ivete Sangalo em 1999, foi ocupado por Emanuelle Araújo a partir do Carnaval de 2000.

Além de Felipe Pezzoni (voz), a Banda Eva é formada atualmente por Cristiano Ferreira (baixo), Cuca (percussão), Esso Brumom (bateria), Hugo Alves (percussão), Jorginho Sancof (guitarra), Marcelinho Oliveira (teclados e violão) e Maxwel Fragoso (metais).