Alagoas, 22 de agosto de 2019

Bologna cobre proposta do Al Hilal ao Flamengo, balança Cuéllar e abre concorrência

A saída de Gustavo Cuéllar do Flamengo é iminente. O destino, no entanto, passou a ser uma incógnita. Depois de clube e jogador darem o aval para o acerto com o Al Hilal, da Arábia Saudita, os italianos do Bologna formalizaram proposta e entraram na disputa.

O clube italiano oferece 8 milhões de euros pelo volante colombiano (mais do que os 7,5 da proposta saudita) – em reais: R$ 35,5 mi x R$ 33,28 mi. O montante em salários é um pouco menor, uma diferença de cerca de 200 mil euros no total do contrato, mas o desejo de ir para a Europa mexe com Cuéllar. A proposta foi revelada pela imprensa italiana e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Flamengo e representantes do jogador falam com os clubes em busca de uma solução. As tratativas com o Al Hilal já eram dadas como definidas, dependendo apenas do aval do Deportivo Cali, que detém 30% dos direitos do jogador, mas o caso segue em aberto após a insistência do clube italiano.

A proposta chega através de Gianfranco Pertruzziello, representante de Cuéllar, enquanto o acordo com o Al Hilal tinha sido costurado por um intermediário. Já no início da janela, o Bologna tinha manifestado o interesse, assim como um clube espanhol, mas não tinha formalizado a proposta.

Diante do impasse, é cada vez menor a chance de Cuéllar viajar com a delegação para Brasília, onde o Flamengo encara o Vasco, sábado, pelo Brasileirão. A definição será na manhã de sexta-feira e a tendência é pela preservação do volante.

Seja para Arábia Saudita ou para Itália, o futuro de Gustavo Cuéllar está desenhado fora do Flamengo.

GE