Alagoas, 16 de setembro de 2019

Em SP, polícia casal envolvido em assassinato de idoso alagoano


José Antônio de Jesus Silva, de 29 anos, foi preso, nesta quinta-feira (22) por policiais civis e militares de São Paulo. Ele apontado como o autor do assassinato de Gildo Maximino de Carvalho em Olho D’ Água das Flores, no Sertão de Alagoas, em julho deste ano. À época, câmeras de segurança flagraram o momento em que Gildo foi alvo de chutes e socos de José Antônio, após uma discussão.

Informações extraoficiais dão conta a companheira de José Antônio, Maria Angelina Silva, de 30 anos, também foi detida na mesma ação. A mulher estava na garupa da motocicleta no dia em que José Antônio cometeu o crime, e é considerada cúmplice no caso.

A ação ocorreu no município de Cândido Mota, distante 430 km da capital paulista, já na fronteira com o estado do Paraná. A prisão do casal foi possível graças ao trabalho de inteligência da 2ª DRP de Santana do Ipanema, que apurou informações de que os dois estavam numa localidade rural do município paulista. Com isso, a polícia foi avisada e procedeu a prisão, sem resistência do casal.

A Polícia paulista também apura a informação de que José Antônio mantinha sua cúmplice no crime, Maria Angelina, em cárcere privado na residência localizada na zona rural. Existe ainda a denúncia de que o homem também a agredia com frequência.

Preso, o casal foi conduzido até a delegacia do município de Cândido Mota, e aguarda a articulação entre as forças de segurança de Alagoas e São Paulo para a transferência. Não há previsão para a operação.

Redação, com NN1