Alagoas, 19 de novembro de 2019

GP dos EUA: Verstappen lidera primeiro treino livre, e Hamilton fica apenas em oitavo lugar


O fim de semana que pode consagrar Lewis Hamilton como hexacampeão mundial de Fórmula 1 começou com o inglês lá atrás, apenas em oitavo lugar no primeiro treino livre do GP dos Estados Unidos, em Austin – aliás, essa é exatamente a posição que Hamilton precisa na corrida. O resultado se explica no fato de que, tanto o inglês como seu companheiro de Mercedes Valtteri Bottas, focaram em testar os pneus de especificação de 2020 e o acerto de corrida.

Diante disso, Max Verstappen, da RBR, foi o mais rápido, superando Sebastian Vettel, da Ferrari, em 0s169. Alexander Albon confirmou o bom momento na RBR e foi o terceiro colocado, a apenas 0s259 do companheiro de equipe, e foi seguido pelo surpreendente Pierre Gasly (STR) e Daniel Ricciardo (Renault).

Dono de cinco das últimas seis poles em 2019, Charles Leclerc ficou num discreto sétimo lugar com a Ferrari, atrás de Romain Grosjean (Haas). Completaram os dez primeiros, em nono e décimo, Lance Stroll (Racing Point) e Kevin Magnussen (Haas).

Frio de rachar
O treino livre em Austin foi o de temperatura mais fria em toda a temporada até agora: oito graus no ar e 14 no asfalto no começo do treino. isso fez com que os pilotos enfrentassem dificuldades em levar os pneus à temperatura ideal.