Alagoas, 09 de dezembro de 2019

Gerson King Combo, pioneira voz do funk carioca, pede ‘Uma chance’ para gravação de show


Uma das vozes pioneiras do funk e do soul que emergiram no Brasil no fim dos anos 1960, Gerson King Combo vai fazer 76 anos no sábado, 30 de novembro.

Um dia antes, o cantor e compositor carioca – nascido Gerson Rodrigues Côrtes e irmão de Getúlio Côrtes, autor de hits da Jovem Guarda – lança Uma chance ao vivo, primeiro single do álbum Gerson King Combo 70 anos.

Se a idade real do artista não bate com a idade propagada no título dessa gravação ao vivo de show prevista para ser editada em DVD em 2020, após outros singles ainda inéditos, é porque o registro que começa a vir à tona em 2019 foi feito há seis anos, mais precisamente em 28 de novembro de 2013, na véspera do 70º aniversário de Gerson.

Nessa data, o James Brown brasileiro – assim eventualmente chamado pela adesão à velha escola do funk – se apresentou com a banda SuperGroove no Teatro Rival, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), em show captado sob direção de Pedro Serra.

Capa do single ‘Uma chance ao vivo’, de Gerson King Combo & SuperGroove — Foto: Divulgação / CopaSoul DiscosCapa do single ‘Uma chance ao vivo’, de Gerson King Combo & SuperGroove — Foto: Divulgação / CopaSoul Discos
Capa do single ‘Uma chance ao vivo’, de Gerson King Combo & SuperGroove — Foto: Divulgação / CopaSoul Discos

Carlos Dafé, Lady Zu e o mano Getúlio Côrtes foram os convidados do show orquestrado com produção musical dividida entre Heitor Nascimento e Ronaldo Groove Pereira.

Música escolhida para ser o primeiro single de Gerson King Combo 70 anos, em inédita gravação ao vivo, Uma chance (Gerson King Combo, Ronaldo Correa e Pedrinho da Luz) é música apresentada originalmente pelo artista em álbum de 1977.

Neste disco, intitulado Gerson King Combo, o cantor lançou a música Mandamentos black (Gerson King Combo, Pedrinho da Luz e Augusto Cesar), o maior sucesso de carreira fonográfica que perdeu impulso a partir dos anos 1980.

Mandamentos black já foi utilizada em trilhas sonoras de séries brasileira e norte-americana, contribuindo para a descoberta do som de Gerson King Combo por jovens cultuadores do funk nacional old school.

*Mauro Ferreira/G1