Alagoas, 19 de fevereiro de 2020

Governo interino da Bolívia destina 10% do orçamento para a saúde


A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, anunciou que destinará 10% do orçamento nacional para a área da saúde visando melhorar e fortalecer a atenção médica para a população.

“Foi feito um grande sacrifício financeiro ajustando o orçamento, e conseguimos destinar 10% do nosso orçamento geral para a saúde de todos os bolivianos”, afirmou.

Jeanine disse ainda que há recursos disponíveis de mecanismos de cooperação internacional para reforçar ainda mais essa área.

O ministro de Economia, José Luis Parada, disse que buscará executar em sua totalidade os 10% do Orçamento Geral da Nação para a atenção médica.

Ele criticou o governo do ex-presidente Evo Morales, que acusou de não ter “ordenamento nem controle” dos gastos.

AB