Alagoas, 23 de agosto de 2019

Camila Paiva

Meu primeiro milagre

Meu primeiro milagre

Camila Paiva
E como eu já disse, não costumo fazer postagem de aniversário para ninguém, mas para filho abrimos exceção para tudo né!!! Bem, foi ela que quando eu tinha apenas 22 anos, ainda recém casada, fez eu ter uma das experiências mais incríveis da minha vida, ser mãe  e de parto normal, um sonho pelo qual eu orei incessantemente. Foi ela que me ensinou que o milagre da vida é tão sublime que chega a fugir da nossa compreensão. Eu ficava olhando para ela recém nascida e pensava " ela estava dentro de mim? Eu a gerei dentro do meu ventre?" E isso fazia eu sentir que nossa ligação era realmente um milagre que mudaria o sentido da minha vida pra sempre!!! Como pode um ser que não fala, não anda, só mama, chora e dorme, fazer com que queiramos ser melhor, que busquemos ser o melhor que pudermos como
Solidariedade

Solidariedade

Camila Paiva
Se eu mudei diante da dor e do sofrimento? Sim, mudei demais, primeiro o mundo desabou sobre mim, e tudo o que acreditei em minha vida toda não fazia mais sentido, não via nenhum motivo lógico para nossa existência aqui na terra, perdi o norte e o chão, mas Deus é tão bom que arrumou um jeito de me colocar de novo de pé e perceber que por mais difícil que pareça a gente entender isso no momento do desespero, Ele continua sendo bom, perfeito e justo em tudo o que faz!!! Eu aprendi que o segredo de tudo está na nossa consciência e nosso relacionamento íntimo com Deus, só Ele conhece verdadeiramente o nosso coração, aprendi que eu vou viver do jeito que eu quero, fazer o que tenho vontade, vestir o que tenho vontade, ir aonde tenho vontade, defender aquilo que acredito, respeitando sempre a i