Alagoas, 25 de agosto de 2019

Esporte

Ana Marcela e Joanna Maranhão nadam revezamento com atletas transplantados em ação do COB

Ana Marcela e Joanna Maranhão nadam revezamento com atletas transplantados em ação do COB

Esporte
No dia 27 se setembro é comemorado o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos, e Comitê Olímpico do Brasil (COB) realizou uma ação, nesta quinta-feira, em parceria com a Associação Brasileira de Transplantados (ABTx) e a ONG Sou Doador para conscientizar as pessoas sobre a importância de ser um doador e desmistificar a ideia de que transplantados não podem praticar esportes. O evento, que aconteceu no Parque Aquático Maria Lenk, teve uma prova de revezamento 4x50m livre com atletas transplantados e nomes de peso da natação brasileira, como Joanna Maranhão (5º lugar nos 400m livre em Atenas 2004), Ana Marcela Cunha (tetracampeã mundial de maratonas aquáticas) e Matheus Santana (ouro nos 100m livre nos Jogos Olímpicos da Juventude Nanquim 2014), além do triatleta Virgílio de Castilho (p
William se emociona em noite de gala contra a Rússia e celebra Mundial aos 39 anos: “É incrível”

William se emociona em noite de gala contra a Rússia e celebra Mundial aos 39 anos: “É incrível”

Esporte
Era difícil ler a expressão de William. O olho meio marejado e a voz embargada davam o tom da emoção, mas a impressão era de que o levantador ainda estava assimilando o que havia acabado de fazer em quadra. E não era pouco. A entrada do jogador do Sesi-SP transformou uma derrota parcial por 2 sets a 0 em uma virada incrível diante da Rússia na abertura da 3ª fase do Mundial masculino de vôlei. Uma vitória simbólica para quem estreia no campeonato beirando os 40 anos. William foi campeão olímpico com o Brasil na Rio 2016, mas nunca havia disputado um Mundial. Na última edição, na Polônia, a vaga de reserva de Bruninho foi ocupada por Rapha. Desta vez, mesmo com os 39 anos nas costas, não havia dúvidas de que seria o convocado por Renan Dal Zotto para formar o grupo que buscaria o tetraca
Mais seguido nas redes sociais, Bruninho prefere foco no vôlei: “Não é meta ganhar seguidores”

Mais seguido nas redes sociais, Bruninho prefere foco no vôlei: “Não é meta ganhar seguidores”

Esporte
Campeão olímpico, duas vezes medalhista de prata nos Jogos e hoje capitão do Brasil em busca do tetracampeonato mundial. Mas não é só dentro de quadra que Bruninho é bem sucedido. Nas redes sociais, o levantador é o jogador de vôlei com maior número de seguidores somados Facebook, Instagram e Twitter. Deixa companheiros, adversários estrangeiros e até a Confederação Brasileira (CBV) no bolso quando o assunto é o alcance nestas plataformas. Bruninho tem quase 2.560.000 seguidores no somatório destas redes. Murilo, o segundo brasileiro na lista feita pelo site russo Sport Business Gazeta, é o quinto do mundo neste quesito, com quase 780 mil. A CBV, entidade máxima do esporte no país, tem pouco mais de um milhão de fãs nos aplicativos. Os campeões das redes sociais Jogador País Insta
Fifa The Best: das mãos de Follmann, Courtois recebe prêmio de melhor goleiro

Fifa The Best: das mãos de Follmann, Courtois recebe prêmio de melhor goleiro

Esporte
O belga Thibaut Courtois, do Real Madrid, foi eleito o melhor goleiro da temporada 2017/18 na cerimônia do Fifa The Best nesta segunda-feira. E recebeu o prêmio das mãos do brasileiro Jackson Follmann, sobrevivente do acidente da Chapecoense em 2016. Também estava no palco o lendário holandês Van der Sar, que tinha a oportunidade de premiar Kasper Schmeichel, titular do Leicester e da Dinamarca na Copa do Mundo, e o francês Hugo Lloris, do Tottenham, campeão do mundo. Courtois jogou a última temporada pelo Chelsea, mas viveu o seu auge no Mundial da Rússia, tendo ganhado já a Luva de Ouro - para o melhor goleiro do torneio. Ele ajudou a Bélgica na campanha que terminou com o terceiro lugar e teve atuação decisiva diante do Brasil, nas quartas de final. Na janela de transferências, fo
Pedro opera joelho e tem retorno previsto ao Flu de seis a oito meses

Pedro opera joelho e tem retorno previsto ao Flu de seis a oito meses

Esporte
A cirurgia no joelho do atacante Pedro, de 21 anos, do Fluminense, foi um sucesso. Os médicos que acompanharam o procedimento ainda não forneceram maiores detalhes, mas a equipe médica do Fluminense já comunicou o resultado. Além da recuperação do ligamento cruzado anterior do joelho direito do jogador, foi corrigida uma pequena falha no menisco mas que, segundo os médicos tricolores, não afetará a recuperação prevista para durar entre seis e oito meses. A falha no menisco em questão foi observada em uma ressonância magnética feita na quinta-feira e confirmada durante a cirurgia. Correu tudo bem no procedimento, de acordo com a equipe médica tricolor, e o tempo exato de duração ainda não foi informado. Pedro se lesionou no último dia 25 de agosto, na derrota por 2 a 1 para o Cruzeiro