Alagoas, 23 de agosto de 2019

Política

Rui Palmeira entrega quadra e fardamentos para alunos no Village

Rui Palmeira entrega quadra e fardamentos para alunos no Village

Política
O prefeito Rui Palmeira entregou, nesta quarta-feira (21), mais uma quadra poliesportiva revitalizada para os alunos da Escola Municipal Hévia Valéria, localizada no Village Campestre I. O espaço foi reestruturado com recursos próprios na ordem de R$ 400 mil e atenderá a aproximadamente mil alunos do 1º ao 5º ano e Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai). Na ocasião também foi feita a entrega simbólica do novo fardamento para os alunos de toda a Rede Municipal de Ensino, totalmente gratuito e composto por calça, camisa de manga curta, camiseta regata, bermuda e tênis. O fardamento é resultado do investimento de mais de 2,7 milhões de recursos próprios da Prefeitura de Maceió. Segundo o prefeito Rui Palmeira esta é a quarta quadra entregue este ano e mais sete estão em fase final
Operação Bullish: MP descobre novo prejuízo no BNDES e amplia denúncia

Operação Bullish: MP descobre novo prejuízo no BNDES e amplia denúncia

Política
O Ministério Público Federal em Brasília denunciou mais duas pessoas na Operação Bullish, que investiga favorecimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao grupo J&F. Os procuradores Ivan Marx e Francisco Bastos aditaram a denúncia feita em março deste ano, ou seja, incluíram mais pessoas no de acusados. São elas: Jaldir Freire Lima e Carlos Augusto Muller, ambos funcionários do BNDES. Eles passaram a ser acusados formalmente pelo MPF porque os procuradores descobriram fraudes em um empréstimo concedido pelo BNDES à JBS. Segundo investigadores, uma manobra causou um prejuízo de R$ 68 milhões em valores atualizados e viabilizou à companhia a compra da empresa Swift Argentina. Ao todo, a Operação Bullish aponta prejuízos ao BNDES de quase R$ 2 bi
Prefeitura elabora edital para cadastramento de MEIs

Prefeitura elabora edital para cadastramento de MEIs

Política
Agilizar execuções de serviços, incentivar a formalização de profissionais e fomentar a economia local. São com esses objetivos que a Prefeitura de Maceió adota uma nova estratégia para a contratação de prestadores de serviços. Por meio da Agência Municipal de Regulação de Serviços Delegados (Arser), o Município vai realizar consulta pública para o cadastramento de Microempreendedores Individuais (MEIs) que terão serviços contratados a partir de demandas das secretarias municipais. O edital está em fase de elaboração e deve ser divulgado nos próximos dias. Os interessados deverão aguardar a publicação do edital, verificar e preparar os documentos exigidos no instrumento convocatório. No dia e hora designados para o inicio do recebimento, a documentação deverá ser encaminhada à Arser, à
Rui Palmeira inaugura novo Sine Maceió no Antares

Rui Palmeira inaugura novo Sine Maceió no Antares

Política
O prefeito Rui Palmeira inaugura nesta quarta-feira (21) mais um posto de atendimento do Sine Maceió. O equipamento foi viabilizado por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Maceió, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), e a Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT). O Posto Avançado de Atendimento do Sine Maceió será sediado na Unidade Antares da FAT. Para isso, haverá a assinatura do termo de convênio entre as instituições às 11h. “A Prefeitura segue trabalhando para captação de parceiros, a exemplo da FAT, com o objetivo de disponibilizar cada vez mais oportunidades de empregos e capacitações para o cidadão maceioense. Com esse novo posto do Sine, a população residente da parte alta da cidade terá mais comodidade na busca pe
Bolsonaro diz que governo pretende considerar oficialmente o Hezbollah como grupo terrorista

Bolsonaro diz que governo pretende considerar oficialmente o Hezbollah como grupo terrorista

Política
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (20) que o governo pretende considerar oficialmente o Hezbollah como um grupo terrorista. Em árabe, Hezbollah significa "partido de Alá". O grupo, de orientação xiita e sediado no Líbano, tem atuação política e militar em questões que envolvem o Oriente Médio. Bolsonaro foi questionado por jornalistas, na porta da residência oficial do Palácio da Alvorada, se pretendia classificar o Hezbollah como terrorista, assim como fez o governo dos Estados Unidos. "Posso, sim [reconhecer o grupo como terrorista]. Pretendo fazer isso aí. E são terroristas", disse o presidente. De acordo com Bolsonaro, o governo tem informações de atuação do grupo na região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina. "Temos informes que